Breves
Câmara Municipal atribui nome de José Matias a rua em Fajã: A rua José Matias foi inaugurada no final do dia desta terça-feira, 17, em ambiente de Terrenos em Somadinha à venda a partir de Novembro: Os terrenos na zona de Somadinha, à saída da cidade da Ribeira Brava, vão estar Famílias carenciadas do concelho vão poder melhorar a sua dieta alimentar através do projecto Horta : As famílias carenciadas do município da Ribeira Brava, principalmente aquelas dirigida II Semana Municipal de Educação termina com abertura solene do ano lectivo 2015/16: A II Semana Municipal da Educação terminou na sexta-feira com o acto solene de abert Decorre a II Semana Municipal da Educação no concelho da Ribeira Brava: A II Semana Municipal da Educação está a decorrer no concelho da Ribeira Br Fogo-de-artifício e muitos aplausos recebem energia 24h em Juncalinho: A ligação de energia 24h em Juncalinho foi recebida, este sábado 19, com fogo Água a domicílio em Cachaço de cima já é uma realidade: Os moradores da zona de cachaço de cima já têm água em suas casas inves Autarquia avalia estragos deixados pelo Fred e começa a acudir os mais necessitados: Depois da passagem do furacão Fred no nosso arquipélago a equipa da Câmara Mun Zona de Terra Quebrada já tem água a domicílio: A Câmara Municipal da Ribeira Brava inaugurou, na terça-feira, 25, a aduç&atil Lançada a 1ª pedra do projecto de requalificação do jardim infantil Daniel Monteiro : A Câmara Municipal da Ribeira Brava lançou esta terça-feira, dia 11, a primeir

Deficientes visuais do concelho com mais oportunidades de terem uma vida normal


Os deficientes visuais do concelho da ribeira brava e de toda a ilha em geral, têm agora mais condições para terem as mesmas oportunidades e condições de vida que as pessoas normais depois de terem recebido um donativo da Associação Cabo-Verdiana de Deficientes Visuais na Bélgica.


Graças a esforços envidados pelo presidente da associação, também ele invisual, Hélder da Luz e uma equipa de voluntários que foi possível trazer para a ilha vários equipamentos de grande qualidade e de grande valor para os deficientes visuais de São Nicolau.


Bengalas brancas, óculos especiais relógio falantes foram alguns “bens de primeira necessidade” oferecida aos deficientes visuais num acto que contou com a presença de várias instituições como as duas Câmaras Municipais, a Cruz Vermelha, o Centro do Desenvolvimento Social (CDS), a Delegação do Ministério da Educação e Desporto.


Equipamentos informáticos de ponta, próprios para deficientes visuais como computadores, maquinas de escrever, etc.


Também esteve presente o representante da ADEVIC, João Araújo, que tem nesse dia um dia marcante para todos os invisuais e suas famílias e pediu para que todos estejam unidos na causa de promover a igualdade e qualidade de vida dos deficientes visuais.


Um grande gesto de solidariedade de Hélder da Luz e sua associação para com os seus conterrâneos que foi apoiada pelas autarquias e enaltecida pelo presidente da Câmara Municipal da Ribeira Brava que prometeu continuar a apoiar a associação na concretização dos seus projectos.


Aliás, a edilidade ribeira-bravense tem vindo a prestar o seu apoio à Associação Cabo-Verdiana de Deficientes Visuais na Bélgica, por exemplo na recolha de informações sobre o número de deficientes visuais.


A entrega dos donativos significou, por outro lado, um passo significativo nas intenções da delegação do MED para a instalação de uma sala de recursos destinada aos deficientes visuais já no próximo ano lectivo.


O único senão desse projecto é que ainda não há professores formados nessa área em São Nicolau, mas que o delegado, Dionísio Firmino, garantiu que será resolvido permitindo deste modo, ter uma educação inclusiva e de qualidade.